O que é design thinking e como usar?

O que é design thinking e como usar?

A elaboração de um projeto, seja um produto, um serviço personalizado, uma embalagem ou outro item, passa por etapas indispensáveis: planejamento, construção e distribuição, com eventuais testes. Com o design thinking, esse processo é muito mais aprofundado e seus resultados têm mais sucesso.

Isso porque se tornou muito comum construir produtos sem considerar o público final, que irá comprar e utilizar aquela solução no dia a dia. Esse foi o pensamento da indústria e do comércio por um bom tempo, até a chegada de concorrentes que ofereciam opções mais acessíveis e completas, considerando o desejo dos clientes.

Entenda o que é design thinking e as etapas para aplicá-lo em um projeto.

O que é design thinking?

O design thinking é uma abordagem voltada para compreensão das pessoas e seus problemas, encontrando soluções criativas. Por isso, é aplicado na pesquisa de novos produtos, no design de embalagens, criação de sites ou anúncios, etc.

Esse método é estabelecido sobre quatro características: é centrado no ser humano, é colaborativo, é otimista e também experimental.

Isso significa que o design thinking usa da empatia e do entendimento das necessidades e das motivações das pessoas, considerando múltiplas perspectivas e experiências.

É otimista por acreditar que as soluções podem criar mudanças e é experimental por dar liberdade de errar e aprender na prática, com espaço para feedbacks e testes.

As etapas do design thinking

Desenvolver uma solução com o design thinking passa por 5 etapas. São elas:

Descoberta

É o primeiro passo, a identificação do problema, com o descobrimento das necessidades a serem atendidas. Conta com a pesquisa em diferentes métodos, incluindo reuniões e visitas de campo.

Todos os dados levantados nessa etapa são a base para a próxima fase: a interpretação. Veja a seguir.

Interpretação

Neste passo começam as hipóteses sobre a possível solução, considerando o que foi levantado na imersão. Ainda é necessário considerar as opiniões dos usuários. Aqui cabe, também, o estudo sobre o que já foi sugerido como resposta aos problemas, encontrando o que não funcionou e o que pode ser reaproveitado.

Esta é a fase de aproveitar o conhecimento existente e também conhecer outros pontos de vista.

Ideação

Aqui já são definidas as possíveis soluções, atendendo as hipóteses levantadas no passo anterior. Pode ser feita uma lista de opções, listando também o que é necessário para construir ou implantar o produto final.

Experimentação

Essa etapa é a mais característica do design thinking. Também é chamada por prototipagem, afinal a ideia é construir protótipos para testar as soluções, recebendo feedbacks e avaliações sobre funcionalidade, design, aparência, resistência, etc.

O processo, dependendo dos resultados colhidos na experimentação, pode voltar aos primeiros passos e retomar as ideias descartadas ou criar novas soluções.

Evolução

Também chamada de desenvolvimento, essa etapa é a construção e implementação efetiva da solução. Mesmo com o produto final entregue, ainda é necessário acompanhar a adoção da solução e medir seus resultados.

Nessa etapa também cabe a revisão de todo o processo, apontando o que pode ser melhorado ou superado.

Agora que você sabe o que é design thinking, conheça também o design de produtos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *