Branding: dicas para uma boa apresentação e design de embalagens

Branding: dicas para uma boa apresentação e design de embalagens

Já abordamos aqui no blog da BST! sobre o que é branding e seu papel na comunicação estratégica e integrada de um negócio. Quando chegamos no design de embalagens, o branding ainda é uma constante, sendo um elemento essencial para fazer a boa apresentação dos seus produtos e empresa.

Ao identificar a necessidade de criar embalagens personalizadas ou então renovar o design das peças existentes, é importante começar um planejamento tendo como base todos os conceitos e definições de gestão da marca. Como as embalagens fazem parte do seu produto, não faz sentido entregar uma peça sem nenhuma ligação ou relação com sua empresa, concorda?

Para fazer uma boa apresentação da sua empresa e produtos, confira estas dicas para agregar branding ao design de embalagens.

Identidade Visual

É repetitivo falar sobre a importância de aplicar a identidade visual do negócio ou produto nas embalagens, mas é necessário. Identidade visual, como o próprio nome já indica, é a apresentação que identifica sua empresa em todos os canais, sendo uma representação visual simples, legível e que venha facilmente à memória.

Com o logotipo, combinando nome, cores e elementos gráficos, já temos um elemento essencial no branding. Branding é relacionamento, significado, divulgação e lembranças da marca. Logo, a identidade deve ser repetida em todos os meios possíveis – principalmente nas embalagens personalizadas. Mesmo sem um formato original, isso pode ser trabalhado com adesivos e fitas, papel de embrulho, sacolas personalizadas e outros materiais gráficos.

Um pouco de storytelling

Sua embalagem pode contar uma história. O storytelling, um recurso de conteúdo para contar histórias de origem, problemas ou ideias, caminha lado a lado ao branding. Você já deve ter visto algum produto que traz um box de texto em sua embalagem, falando sobre origem dos materiais/ingredientes – muito utilizado no mercado de alimentos.

Cosméticos, roupas e outros tantos produtos também estão adotando essas narrativas para incrementar a marca. Este é um elemento de branding que estimula um vínculo maior entre público e empresa, encaminhando para um relacionamento e apelando também para valores, propósito, posicionamento e afins.

Conexões

O branding é trabalhado em todos os canais. Sua embalagem pode explorar isso trazendo elementos para fazer a conexão com outros canais de comunicação. Inclua elementos como seu site, SAC e perfis de redes sociais na diagramação do design de embalagens, assim o consumidor pode fazer um “link” para outros dos seus canais e continuar o relacionamento por eles.

Canal de divulgação

Suas embalagens estão em contato direto com o público e também com parceiros. Por que não utilizar esse meio como um veículo de divulgação? A empresa pode utilizar este canal para divulgar ações promocionais, eventos, datas comemorativas, etc. Para situações como essas apontadas, as embalagens são feitas em menor quantidade, adequando ao período e praça de distribuição.

Opções variadas

Para trabalhar a gestão da marca, é interessante encontrar, no design de embalagens, algumas opções de peças variadas, de acordo com linhas de produtos, promoções ou versões para presente, para delivery, entrega via correio, etc. Para cada uma dessas necessidades específicas, a empresa pode elaborar uma embalagem diferenciada, sem dispensar a personalização.

Além da presença da marca, essa ideia trabalha agregando valor e um cuidado a mais com o produto e o público. O design e o branding, para resumir, devem sempre caminhar juntos dentro da comunicação da marca.

Aproveite e veja um exemplo prático de branding e identidade visual no nosso case com o evento GovTech Brasil 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *