Como criar cartão de visitas de sucesso?

Como criar cartão de visitas de sucesso?

Você já parou para pensar na importância do cartão de visitas para você e para a sua empresa?

É hora de conhecer um pouco mais sobre como criar cartão de visitas seguindo premissas que transformarão este instrumento em potencial gerador de contatos importantes e novos negócios para a sua empresa.

Um cartão de visitas deve ser pensado como parte do seu composto promocional, pois o objetivo principal de criar um cartão de visitas é promover a empresa.

É por essa razão que, em todos os detalhes, ele deve elevar a imagem do seu negócio, estar alinhado com o posicionamento da empresa e estimular seu interlocutor a buscar mais informações sobre a sua empresa.

A importância do cartão de visitas

Com as redes sociais, onde encontramos até mesmo os antigos colegas de colégio e, ao mesmo tempo, estamos em contato com grandes profissionais, referências no mercado, o cartão de visitas parece até ultrapassado, muito analógico. Mas, ainda assim, é difícil lembrar de todos que estão ali e ainda pior quando a necessidade é entrar em contato, não é?

O objetivo do cartão de visitas físico fica claro nesse aspecto: deixar seu contato com alguém, de forma rápida e fácil de encontrar ou lembrar. Para atingir essa meta, ele cumpre com diversas funções, sempre reforçando sua importância. Entenda um pouco mais as formas de utilização do cartão de visitas:

Apresentação

Esse ponto é auto explicativo. A peça gráfica trabalha como sua apresentação (ou de sua empresa) para outros profissionais ou clientes. Por isso, é sempre importante ter um cartão de visitas atualizado, contando com dados e informações recentes: nome, telefones, e-mail, site, cargo, etc.

Não esqueça também de aplicar a identidade visual da empresa para fixar a marca e dar um referencial sobre qual é o assunto tratado – importante também para os profissionais que podem confiar na força da empresa para conseguir mais autoridade.

Com isso em mente, é possível apostar no cartão de visitas desde pequenas empresas até as maiores, já conhecidas, passando inclusive profissionais autônomos.

Lembrança

Muito alinhado ao trabalho de apresentação, a função de lembrança é importante para que seus contatos o encontrem facilmente e lembrem de o procurar para fechar negócio.

Caso você ainda não esteja familiarizado com os conceitos de lembrança da marca e de fidelização de clientes, resumidamente: ambos funcionam como uma forma de deixar a sua empresa (ou nome) mais presente para os clientes, funcionários e outros contatos estratégicos.

Para esse objetivo, o cartão de visitas é importante mas não é a única opção. Pense, mais tarde, em estratégias complementares como o uso de promoções, listas de e-mail, brindes, etc.

Networking

Essa função é muito mais focada ao profissional como indivíduo, mas ainda assim com grandes benefícios para uma empresa. Networking é o relacionamento entre profissionais com o objetivo de compartilhar conhecimentos, oportunidades de trabalho e parcerias.

O cartão de visita para os profissionais, principalmente executivos, gestores e vendedores, ajuda com que estes criem mais contatos com pessoas externas à companhia, trazendo oportunidades para a empresa.

Como, autônomo ou freelancer, então, a necessidade de criar um cartão de visita fica ainda mais evidente.

É por todas essas razões que, em todos os detalhes, os cartões de visitas devem elevar a imagem do seu negócio, alinhados com o posicionamento da empresa e estimulando o seu interlocutor a buscar mais informações sobre a sua empresa.

Saiba agora quais são os passos e cuidados para criar um cartão de visita.

Selecione os dados essenciais

O primeiro passo para entender como criar cartão de visitas altamente funcional é saber escolher quais dados devem estar presentes neste material.

O cartão não é um folder e não tem a função de explicar o seu negócio para o cliente, mas deve despertar o interesse pelo seu negócio. O próprio tamanho é limitado, logo as informações devem ser sucintas e bem distribuídas.

Por isso, devem estar presentes no cartão o logotipo, o nome do contato e o nome fantasia da empresa. É suficiente para descrever o negócio. Se possível, acrescente o slogan, de modo a enfatizar o posicionamento. Tudo isso é parte da identidade visual, como você pode entender no próximo tópico.

No mais, o cartão deve entregar ao cliente as formas de entrar em contato com você: e-mail, telefone e Whatsapp.

Em resumo, tudo que o cliente precisa saber é o que sua empresa faz e como entrar em contato.

Alinhe com a identidade visual

A identidade visual de uma empresa é parte da sua comunicação com o mercado, desde os concorrentes até o público final de clientes.

Trata-se de um elemento fundamental para a construção da identidade da sua marca, para construir posicionamento e ser mais facilmente reconhecida em meio a concorrência pelos clientes e consumidores.

Por isso, ela deve estar presente em todos os elementos que tenham, de alguma forma, a finalidade de comunicar a marca da empresa.

A logomarca, as cores e até mesmo as fontes utilizadas no cartão devem estar de acordo com os parâmetros de design presentes em todos os materiais da empresa.

Caso a empresa não tenha logotipo ou qualquer identificação com elementos de design, considere criar o manual da marca com um designer profissional antes do cartão de visitas. Se a necessidade para criar um cartão de visita for urgente, solicite um projeto simples e em menor quantidade, provisório enquanto a empresa define sua identidade.

Pense no layout

Sobre como criar cartão de visitas, falamos de identidade visual e as informações que devem estar presentes.

Tendo esses dois elementos bem elaborados, o passo seguinte é o layout, cuja preocupação deve ser tornar o cartão de visitas apresentável e funcional ao mesmo tempo.

De certa forma, o layout pode ser definido como uma diagramação com as informações e elementos gráficos dentro do espaço de um cartão de visita.

Além de bonito e com as informações bem dispostas, o cartão deve ser de fácil entendimento, principalmente a parte do contato.

Preocupe-se em usar tipos e tamanhos de fonte que sejam facilmente legíveis e tome cuidado para não poluir o cartão visualmente.

Um bom designer vai entender perfeitamente as suas necessidades na hora de elaborar o layout. Adote a premissa de que pouco é muito se feito com bom gosto e funcionalidade.

Quanto aos formatos do cartão, é possível inovar um pouco além do retangular e apostar nos recortes quadrados ou redondos, que ainda vão exigir mais cuidados com o layout e a impressão, próximo ponto de atenção no texto.

O tamanho do cartão de visitas é limitado, independentemente do formato, reforçando a importância de “economizar” nas informações e reforçar a legibilidade.

Imprima com qualidade

Você já sabe quase tudo sobre como criar cartão de visitas arrasadores.

O próximo e decisivo passo para que seu cartão seja um sucesso já não é mais relacionado à criação, mas ao acabamento. De nada adianta seguir os passos anteriores e tratar a impressão das peças sem o devido cuidado.

Algumas coisas devem ser levadas em consideração: a qualidade do papel e a qualidade da impressão em si, além dos possíveis acabamentos e finalizações sobre o material.

Para ter certeza de que terá um cartão eficiente no layout e na qualidade de impressão, procure ajuda profissional. Preocupe-se que o cartão seja feito em material resistente, mas evite aqueles que possam ser cortantes, pois não fica bem danificar a carteira, o bolso e até mesmo as mãos de quem você quer conquistar.

No geral, se popularizaram dois materiais para os cartões: o plástico, em forma de uma folha de tipo acrílico, e o papel em todas as suas variações e tipos: reciclado, couché, papelão, offset, artesanal, etc. Obviamente, o tipo selecionado limita o número de formatos e aplicações possíveis, além de implicar no valor final da encomenda.

Já os acabamentos no design do cartão de visita têm a característica de “embelezar” a peça, deixando a mais atrativa e até mesmo mais apropriada a empresa ou ao profissional. Os acabamentos gráficos também implicam em um custo a mais no projeto dos cartões, mas compensa justamente por diferenciar e inovar em um material já tão conhecido e utilizado.

Para ilustrar e até mesmo ajudar na elaboração e design do seu cartão de visitas, conheça agora alguns tipos de acabamentos gráficos:

• Recorte
• Faca especial
• Laminação fosca
• Laminação com brilho
• Verniz e verniz localizado
• Vinco
• Relevo
• Hot stamping
• Refile
• Bordas arredondadas

Um ponto importante para conhecer nesse processo é que o designer responsável pela criação estará aberto às suas ideias e sempre trabalhará dentro do manual de identidade visual da empresa, dando possíveis sugestões para melhoria e adaptação do cartão final.

Como citado anteriormente, empresas de diversas áreas e os próprios profissionais, através do marketing pessoal, podem se beneficiar dos cartões de visitas. Saiba agora algumas especificidades importantes sobre quem pode solicitar e distribuir esse material.

Cartão de visita para área da saúde

Esse ramo de profissionais, em que englobamos médicos, cirurgiões, nutricionistas, psicólogos e até esteticistas, precisa se atentar não só em fazer sua divulgação com um bom design no cartão de visita, mas também atender às especificidades de Conselhos nacionais e regionais sobre a profissão.

Médicos, dentistas, psicólogos e nutricionistas, por exemplo, devem incluir seu número de registro junto a esses órgãos regulamentadores. Além de ser uma obrigatoriedade para as peças de divulgação, esse registro passa confiança e dá um referencial para os novos pacientes.

Outro diferencial dessa área é o uso de cores e formatos mais sóbrios, passando seriedade e profissionalismo – o que não é uma regra, mas sim um ponto de observação entre cada profissional e seu nicho de público.

Cartão de visita para microempreendedores

Muitas vezes, o microempreendedor é a única frente de contato de uma empresa com seus fornecedores, parceiros e clientes. O profissional precisa ser desenvolto e “colocar a cara” para que a empresa tenha sucesso, o que reforça a importância do cartão de visitas.

Aqui a apresentação deve ser mista, com a identidade da empresa e o nome do proprietário, além dos canais de contato e outros interesses como site e redes sociais.

Uma ideia de modelo para esse cartão é usar uma face para apresentar a identidade da empresa e o verso para incluir os dados do microempreendedor. Ou então, usar o verso para citar os produtos ou serviços oferecidos.

Cartão de visita para freelancers

O freelancer, quase sempre, trabalha sozinho e precisa batalhar para conseguir clientes e fechar novos projetos. Muito desse trabalho acontece no ambiente online, mas quando o profissional tem um bom relacionamento pessoal e participa de reuniões e eventos, o cartão de visita se faz necessário.

Valem as mesmas dicas já apontadas: contatos, marca pessoal, bons materiais e acabamentos. Um benefício nesse caso é a maior possibilidade de personalizar, estilizar e até mesmo brindar com formatos, aplicações e cores. Mesmo que a intenção seja economizar, não dispense um trabalho profissional.

Cartão de visita para executivos

Muito importante! Os cartões de visitas para esses profissionais estará em contatos estratégicos com diretores, assessores e clientes especiais. É essencial aplicar a identidade visual da empresa, com cores, fontes e logotipo, e investir nos acabamentos mais refinados, como o hot stamping e o verniz.

O design minimalista pode ajudar nesse modelo de cartão de visitas. Justamente pela variedade de pessoas, em diferentes níveis, que recebem essa peça, aposte no “menos é mais”.

Cartão de visita para vendedores

Esse modelo de cartão de visita talvez não faça muito sentido para vendedores pontuais, embora ainda tenha função, mas chega a ser indispensável para aqueles que lidam com um público mais seleto ou reduzido e produtos de maior ticket médio, ou seja, valor.

Aqui se encaixam os vendedores de concessionárias, agentes de viagens ou intercâmbios, atacadistas, consultores em tecnologias, empresas de softwares e soluções empresariais, etc. Ao criar um cartão de visitas para vendedores, inclua nome, contatos e a identidade de empresa, sempre atrelando um ao outro e passando maior confiança e lembrança.

No mais, independentemente do tipo de empresa ou área de atuação de uma pessoa, sempre invista profissionalmente no visual, faça o serviço de impressão em uma gráfica profissional e passe para a distribuição.

Boa sorte nos negócios!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *