Como usar o marketing pessoal para melhorar a imagem da empresa?

Como usar o marketing pessoal para melhorar a imagem da empresa?

O comportamento profissional de empreendedores, diretores e gerentes pode refletir – de forma positiva ou negativa – na imagem da empresa. É importante saber como usar o marketing pessoal para divulgar seu trabalho individual e também coletivo na companhia.

O marketing pessoal usa de diferentes estratégias para divulgar um profissional, seguindo um objetivo, que pode inclusive ser da empresa, entre conquistar mais clientes, relacionamento com parceiros, destaque no mercado, etc. No caso do empreendedor, essa “representação” pode ser ainda mais forte, quando ele é a verdadeira “cara” da empresa.

Nos próximos tópicos, você pode entender como usar o marketing pessoal com estratégias simples, ajudando a melhorar a imagem da empresa.

Apresentação pessoal

É importante ter cuidados com a apresentação pessoal, com destaque para aparência e o comportamento. Empresários, diretores ou gerentes – e na verdade, qualquer pessoa no mercado de trabalho – precisam passar uma imagem profissional através das roupas, higiene e etiqueta. Mas isso não para nas aparências, envolvendo também o comportamento profissional entre colegas, parceiros, em reuniões, etc.

Muitos podem se beneficiar, então, do branding pessoal. É interessante fortalecer seu nome e o da empresa através de peças de comunicação e materiais gráficos. Invista em um bom cartão de visita para distribuir com contatos estratégicos e adote uma identidade visual para seus canais.

Capacitações

Para se destacar da concorrência, capacitações e atualizações profissionais não só são interessantes como também úteis! Um currículo de destaque atrai os olhares de possíveis parceiros e, quando é possível, aplicar esse conhecimento em melhorias e inovações para a empresa agrega muito valor ao seu trabalho.

Quando há bastante domínio dentro da área de atuação, o profissional pode preparar aulas, palestras e treinamentos, mesmo que à distância, aumentando seus contatos e também reforçando o seu nome como referência no mercado. Qual empresa não gostaria de ter especialistas em seu quadro? Muitas, inclusive, investem diretamente para a formação de seus funcionários.

Redes sociais

O comportamento profissional pode se estender até aos perfis nas redes sociais. No geral, quando o funcionário é a “cara” da empresa, o ideal é usar mesmo as redes pessoais com cuidado, sem expor a vida íntima e questões mais controversas.

No LinkedIn, onde o foco é profissional, mantenha um perfil atualizado e ativo, criando conteúdos (posts, vídeos, apresentações e artigos), divulgando novidades da empresa e mantendo contato com colegas e empresas do setor. Aproveite para usar aqui a identidade visual que foi citada ainda no primeiro tópico.

Atenção sempre em passar uma mensagem clara e objetiva, com português correto, já que tudo nas redes sociais pode ser divulgado muito rápido e, o pior, ser mal interpretado.

Relacionamentos

A questão “como usar o marketing pessoal?” passa por manter bons relacionamentos em diferentes canais, sejam pessoais ou digitais. É importante manter canais de contato abertos e acessíveis para clientes, funcionários, fornecedores e parceiros.

Construir bons relacionamentos leva tempo e dedicação. É preciso se mostrar interessado para receber sugestões, dúvidas e até críticas que possam acrescentar à empresa. Além do perfil individual, mantenha redes específicas para a empresa, entre blog, site, telefone, redes sociais, e-mail, etc. Mais uma vez, aplique a identidade visual da empresa, reforçando a marca na memória do público e o trabalho como referência no mercado.

E se você quiser saber mais sobre como melhorar a imagem da sua empresa de maneira eficiente, conheça também os melhores materiais de comunicação para ela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *