Como usar displays no ponto de venda

Como usar displays no ponto de venda

É muito provável que o leitor já tenha ouvido falar em merchandising.

Merchandising é a promoção no ponto de venda. São ações voltadas para estimular a interação do cliente com o produto e a marca, interações essas que devem levar ao incremento das vendas, mas também a aproximar o consumidor da marca.

Os displays no ponto de venda são uma dessas técnicas para chamar atenção dos clientes.

O leitor já deve ter visto em supermercados, farmácias, lojas de conveniência e outros estabelecimentos de varejo aquelas gôndolas exclusivas de uma marca ou produto.

Elas ficam em locais mais abertos, separadas dos outros produtos. Esses são os chamados displays promocionais. É uma forma de destacar determinada marca ou produto e até facilitar os clientes que procuram por aquela marca ou produtos específicos, embora não seja essa a finalidade.

Os displays podem ser genéricos, expondo diversos produtos da mesma marca ou específicos de apenas um determinado produto daquela marca. Quem vai definir isso é o plano de comunicação.

O fato é que, no mínimo, o produto ou a marca serão visualizados por praticamente todos os clientes em função do destaque, o que já é um bom resultado do ponto de vista do share buscado pela empresa. O que nós vamos ver agora são os tipos de displays promocionais.

Display de chão

O display de chão é o mais comum. É aquele posicionado em lugares estratégicos, de modo que os clientes praticamente sejam obrigados a travar contato visual.

Alguns cuidados devem ser tomados. Além de instalar o display num lugar onde tenha visibilidade, é preciso que os próprios displays no ponto de venda respeitem a integridade visual da marca ou da própria embalagem do produto.

Eles podem ser neutros, mas não é o mais recomendado, porque se perde mais um argumento visual para atrair a atenção do cliente.

O outro cuidado é com o lugar onde você coloca seus displays no ponto de venda, levando em conta a mobilidade dos clientes, que não deve ser atrapalhada.

É importante avaliar se há disponibilidade de espaço no seu ponto de venda desejado para que a circulação de pessoas não seja prejudicada.

Display de mesa ou balcão

Já que estávamos falando em mobilidade, só pelo nome já dá para perceber que o principal benefício desse tipo de material promocional é o fato de não ocupar espaço nos locais de tráfego dos clientes.

Isso implica em um menor esforço para organizar o espaço. Apesar de não ser um ponto de exposição fisica do produto, o display de mesa ou balcão é uma boa oportunidade para expor uma imagem do produto em ação, por exemplo, estimulando sua venda.

São colocados em locais estratégicos, principalmente aqueles pelos quais o cliente tem que passar. No restaurante, por exemplo, eles são usados para apresentar o prato do dia, promover algum novo prato ou promoção.

Normalmente, a mensagem é curta e direta, de modo que seja absorvida imediatamente pela visão do cliente.

Display de parede

O display de parede, como o nome já diz, é afixado na parede, dando destaque ao seu conteúdo, que pode ser uma mera propaganda ou a exposição de produtos no ponto de venda.

Trata-se de um recurso para aproveitar melhor o espaço dos estabelecimentos e deve ser colocado sempre em um local bem visível para quem passa por ele.

Tem uma abordagem mais ampla, pois pode ser usado em outras condições, como em aeroportos, para dar destaque a determinada companhia ou serviço. Dependendo do local, pode servir também como ferramenta de branding.

Móbiles

A grande diferença dos móbiles para os demais materiais que tratamos nesse artigo é o movimento.

Sabe aqueles cartazes suspensos, que ficam girando dentro dos supermercados?

A grande vantagem do móbile é o raio de alcance ampliado. Por ser suspenso, é visto por mais pessoas simultaneamente, mesmo que estejam em lugares diferentes.

Além de tudo, o movimento é uma forma de atrair a atenção do cliente. São ideais para promover ações de desconto e comunicar políticas do estabelecimento, como formas de pagamento.

Agora que você já conhece como usar os displays no seu ponto de venda, que tal descobrir também a importância do design para o seu PDV?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *