5 tipos de mockup para comunicação de identidade visual

5 tipos de mockup para comunicação de identidade visual

Quando falamos em mockup é importante lembrar que existem dois tipos principais: o mockup físico, que é a representação de um produto, construído em menor escala, para sugerir como ficará o resultado final, e o mockup digital. Um mockup digital é uma representação em imagem, normalmente produzida em um software de criação e edição, de algum produto ou material de comunicação.

O mockup na identidade visual tem a função de oferecer uma pré visualização das peças antes de sua produção.

Alguns tipos de mockup já podem ser elaborados para apresentação no Manual de Identidade Visual, servindo como padrão para os materiais gráficos essenciais.

Conheça agora 5 tipos de mockup para identidade visual e como você pode incluí-los em sua estratégia.

Cartão de visitas

O cartão de visitas é um material gráfico indispensável para qualquer empresa ou profissional. Eles são elaborados pelo designer, sempre aplicando a identidade visual, e representados no manual da marca em uma imagem simples (só suas duas faces) ou mais produzida, com suas duas faces aplicadas em uma foto específica para mockup.

Fazer a representação do cartão de visitas é uma etapa importante para observação e correção de possíveis erros, prevenindo gastos por erros na impressão e desperdício de material, já que podem ser encomendados em grandes quantidades.

O mockup de um cartão de visitas deve deixar bem especificado qual será o material e a proporção da peça, suas cores e se terá recortes ou aplicação de verniz.

Embalagens

É possível criar tipos de mockup de diferentes embalagens, considerando a rotulagem, o material e o formato final do produto. Fazer essa representação visual digitalmente pode ser complexo, mas é um ponto necessário e que nem se compara aos gastos da produção de uma peça.

Também deve considerar o material final e a aplicação de informações obrigatórias, o que acontece com os alimentos, por exemplo. Além do mockup, é possível fazer um protótipo da embalagem, uma versão “rascunho” para teste de cores, legibilidade, funcionalidade e outros pontos. Para uma embalagem, geralmente se faz um mockup digital ainda na fase de estudo e aprovação. Quando aprovado o conceito da embalagem, se desenvolve o seu protótipo, que normalmente é produzido com os materiais mais parecidos com os que serão usados na produção final. O mockup digital é, em geral, desenvolvido pelo designer que, estando o mockup aprovado pelo cliente, envolve a produção para desenvolver o protótipo.

Brindes

Se a empresa vai trabalhar com brindes para distribuição interna ou para clientes, seu design também pode ser previsto a partir de um mockup. O manual pode trazer representações de aplicação da identidade em bolsas, camisetas, chaveiros, canetas, calendários, adesivos, etc.

Papelaria

Itens de papelaria, também referidos como folheteria, são os materiais de uso interno e externo como envelopes, papel timbrado, etiquetas, folders, cadernos e até catálogos de uma companhia.

Algumas empresas não tem necessidade de produzir todos esses materiais gráficos, principalmente aquelas menores ou mais centradas no digital, mas eles são interessantes pela personalização e pelo profissionalismo passado.

Os mockups, nesse caso, servem para visualização da aplicação da marca e também como guia para as gráficas sobre como o produto deve ser entregue.

Site e peças digitais

O mockup também pode ser feito como representação ou visualização de meios digitais antes de seu lançamento definitivo, a exemplo de páginas de sites, blogs, peças de anúncios, posts em redes sociais, aplicativos e outros tantos mais.

Especificamente nessa situação, considerando o design de sites ou aplicativos, o mockup pode ser posterior ao wireframe: um rascunho dos itens dispostos na página sem grande fidelidade as imagens. Nesse caso, considerando o que deve ser definido no manual de marca, o mockup é mais eficaz.

Sabendo como fazer uso do mockup para identidade visual, não deixe de se aprofundar sobre a aplicação da marca em brindes corporativos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *